C
entro
E
spírita
M
iguel
   
Rua Glaziou, 265 - Abolição - RJ
Tel.: (21) 2596-4046

"NASCER, MORRER, RENASCER AINDA E PROGREDIR CONTINUAMENTE, ESTA É A LEI"
“Amar não acontece do dia para a noite. Resulta da entrega do coração e da alma de quem assim se atreva.”




A livraria do CEM
continua divulgando o livro
espírita doutrinário, romance ou
os importantes livros do Pentateuco.
Temos promoção de livros a R$ 10,00!
Aos associados oferecemos,
para empréstimos, mais de 2.000 volumes
de livros doutrinários.

Venha nos visitar!

Aceitamos Cartões

Não Esqueça o
HEMORIO
o esta sempre precisando de doador

Rua Frei Caneca, 8
Centro Rio de Janeiro
(21) 2332-8611
DOAR É O MAIOR GESTO DE AMOR

NOVOS CURSOS
 
 
ADVERTÊNCIA DE AMOR
Fala-nos, o Evangelho do Senhor, que nos futuros dias por Ele previstos, a dor ganharia dimensões inimagináveis, arrastando multidões ao abismo, ao desespero, fazendo que o delírio e o desequilíbrio aturdissem a Humanidade.
Na simbologia profética, Ele caracterizou as horas terríveis, vestindo-as de alegorias.
Vivemos hoje esses dias prometidos, sem nenhum retoque nem disfarce.
Anunciam-se as horas graves da transformação dos homens, da mudança vibratória do planeta.
Ninguém se engane ou engane a outrem.
Clareados pela razão da fé espírita, tenhamos a lucidez do discernimento, a perseverança da convicção e a coragem de porfiar fiéis até o fim.
O martirológico prossegue atual; o circo aumentou as suas dimensões; o suplício variou de forma, porém os testemunhos à verdade, ao progresso são os mesmos.
Cultiva a paciência, mantendo, alto e nobre, o ideal da fé espírita.
Não reajas pelo hábito de reagires. Age pela consciência do equilíbrio.
Não podes ser confundido com aqueles que perderam a fé, que desconhecem o “Reino de Deus” e se utilizam dos mesmos mecanismos vis para a sobrevivência inglória no corpo e os triunfos mentirosos da ilusão.
A consciência da fé proporciona a harmonia da paz, e nela a felicidade real.
Convidado ao debate injusto, ao duelo nas disputas inglórias do corpo, renuncia à presunção e sê simples como as aves dos céus, os lírios do campo, confiante em Deus.
Nenhum tesouro que se equipare ao bem-estar da consciência reta e pacificada, em harmonia com os decretos divinos.
Amando o bem no lar, nos grupos social, de trabalho e religioso, e na comunidade, o cristão é uma carta viva de Jesus. Nela deve estar presente o Código que foi apresentado na montanha, como diretriz de equilíbrio para os outros a exteriorizar-se de si próprio.
Não te permitas contaminar pelo bafio pestilento da loucura que a todos atinge.
Vitimado, banha-te na água lustral do Evangelho; retempera o ânimo; recompõe a atividade; volta à paz.
Vale o esforço a fim de que não fiques na retaguarda, com os elos escravizantes retendo-te na imposição, para um retorno amargurado.
Avançar é a meta; seguir sempre é a diretriz...
Não faltarão provocações e tentações, porque estes são dias de loucura. Não te deixes enlouquecer.
São horas de agressividade. Não te permitas enfurecer.
São momentos de tragédia. Não queiras sucumbir nas mãos dos maus, por motivos que não se justificam.
Sucumbir, somente pela glória do serviço a Deus, do irrestrito dever da caridade na vivência suprema do amor.
Ora mais, mais um pouco.
Vigia mais, advertido quanto ao rolo compressor que avança inexorável, esmagando os distraídos.
Os tempos, por fim, chegaram, mas recorda-te, Jesus está conosco.

Do livro: Desperte e sejas feliz - Joanna de Angelis, psicografia de Divaldo Franco
 

JORNADA ACIMA
Não consideres secas e amargas as trilhas da romagem com Jesus, quando a viagem da é, por alongar-se no tempo, alcança as regiões dos testemunhos incessantes do amor, sem alegrias imediatas.
É certo que te sentes, por vezes, na condição da criatura lesada nos mais íntimos sentimentos, qual sucedeu com Ele próprio.
Quantos amigos ficaram para trás, imobilizados nos encantamentos da Galiléia!...
Entretanto, se acompanhas o Divino Amigo, vencendo barreiras e suportando desafios, já conheces, talvez, quanto doem a injustiça e a incompreensão, nos conflitos e problemas, que te impõem duras veredas de suor e de lágrimas.
De quando em quando interrompes os próprios passos, a fim de refletir nos sonhos desfeitos que as circunstâncias te compeliram a deixar na retaguarda.
A jornada parece agora pesada marcha sobre espinhos e pedras, que é preciso transpor, junto dele, o Eterno Amigo que te aceitou a companhia.
Inegavelmente, difícil é a estrada para a conquista do amor sem retribuição... As intimações da Terra afiguram-se cutiladas no coração e as dificuldades do caminho parecem nuvens petrificadas que se transformam em aguaceiros de pranto.
Ainda assim, segue com Jesus e abençoa os percalços da senda de elevação.
Silencia agravos recebidos; esquece mágoas ou possíveis ofensas; auxilia para o bem a quantos te abordem a experiência; lança as sementes do amor e da harmonia, além da órbita de tua própria influenciação e aceita a cruz que a vida e ofereça, porque, além do sacrifício supremo, se segues com Ele, o companheiro da Humanidade, encontrar-lhe-às a moradia da benção, onde o trabalho se te fará perfeita alegria, entretecida de paz e vida, ascensão e esplendor.

Meimei / Francisco Cândido Xavier
“Espalhe esse segredo. A felicidade depende de nós.”

NA CASA ESPÍRITA:
“A Casa Espírita exige um comporamento adequado às finalidades dela.
Vigiemos atitudes, trajes, gestos, palavras e pensamentos.
Não requer atitude de santidade ou virtude hipócrita; é apenas manter a Casa Espírita em sua condição de templo onde aprendemos valores espirituais e sociais para serem vivenciados, dentro e fora dele.”
(Jornal do Lar de Tereza)

 
NUNCA TE DIGAS
Nunca te digas sem tempo para auxiliar.
Nunca te digas incapacitado de cooperar nas boas obras.
Nunca te digas sem ânimo para continuar enfrentando as lutas do teu caminho.
Nunca te digas entregue às circunstâncias, sem disposição para viver.
Nunca te digas fracassado na convivência com os familiares de temperamento difícil.
Nunca te digas desacreditado das pessoas, mesmo quando tenhas sofrido ingratidões.
Nunca te digas sem amparo dos Amigos que te assistem do Mais Alto.
Nunca te digas inflexível em tuas opiniões.
Nunca te digas vítimas de acontecimentos que, na maioria das vezes, desencadeaste.
Nunca te digas sem Deus...

Do livro Vigiai e Orai - Irmão Jose / Carlos A. Baccelli

O DEA agradece o resultado da Campanha das Gestantes assistidas no CEM.
     

     

Contamos com sua colaboração para a
CAMPANHA DAS CRIANÇAS
Doe um chinelo (tipo havaiana)
com numeração entre 20 e 44


“A caridade é a maior das virtudes; todavia os deveres bem cumpridos são a maior caridade viva..”

Você quer ajudar o CEM?
Venha trabalhar voluntariamente conosco.
Procure o Coordenador do Departamento Promocional ou o Dirigente da sessão pública que você frequenta
ou o Monitor do curso que você faz e,
ofereça-se para servir em uma atividade do CEM.

A fé sem obras é morta!!

©2003 Direitos Reservados CEM
Brasil, coração do mundo, pátria do Evangelho
 
Sintonize e ouça as palestras realizadas no CEM