C
entro
E
spírita
M
iguel
   
Rua Glaziou, 265 - Abolição - RJ
Tel.: (21) 2596-4046

"NASCER, MORRER, RENASCER AINDA E PROGREDIR CONTINUAMENTE, ESTA É A LEI"
“Não permitas que as tuas imperfeições escureçam o brilho das tarefas a ti confiadas.”




A livraria do CEM
continua divulgando o livro
espírita doutrinário, romance ou
os importantes livros do Pentateuco.
Temos promoção de livros a R$ 10,00!
Aos associados oferecemos,
para empréstimos, mais de 2.000 volumes
de livros doutrinários.

Venha nos visitar!

Aceitamos Cartões

Não Esqueça o
HEMORIO
o esta sempre precisando de doador

Rua Frei Caneca, 8
Centro Rio de Janeiro
(21) 2332-8611
DOAR É O MAIOR GESTO DE AMOR

NOVOS CURSOS
 
 
Vamos comemorar juntos o aniversário do CEM!
Dia 17 de julho às 14:30 horas.
Palestra com Marcos Tavares
 
 

Para você que é interessado em progredir e ser feliz, é importante que:
Assita às Reuniões Públicas de estudo doutrinário e passes;
- Estude e faça os cursos oferecidos pelo CEM;
- Procure, se precisar, a equipe de Atendimento Fraterno que lhe encaminhará para a atividade mais adequada para você.
- Ofereça-se para colaborar voluntariamente em alguma atividade no CEM.
 
“Autocondenar-se pode ser tão pernicioso quanto autoelogiar-se.”

O CENTRO ESPÍRITA
   O dia-a-dia no Centro Espírita
     (Jornal “O Clarim)
Não basta um nome na porta, ter estatutos e diretoria, ser registrado no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas para ser um Centro Espírita a serviço da Espiritualidade do Bem.
Todos nós que trabalhamos ou participamos e uma casa espírita, temos de estar atentos quanto ao que ali se realiza. É preciso analisar os trabalhos e saber que não basta fazer caridade de diferentes maneiras para que o centro se enquadre na proposta espírita.
O Espiritismo é doutrina dos Espíritos, que a ditaram e comandam e sua proposta maior é ajudar o homem a melhorar-se, conscientizando-o que é um espírito eterno e deve sair desta encarnação melhor do que chegou.
Para que isto aconteça, é preciso mirar-nos nos bons exemplos alheios e sermos nós mesmos alguém a ser imitado.
Se no nosso centro espírita há antipatias entre trabalhadores e o dirigente não combate o problema; se no nosso centro há pessoas vaidosas pelos cargos e pelas evidências; se no nosso centro há discriminação contra quem não goza da simpatia dos diretores; se no nosso centro, quando é tempo de eleição, há conchavos, traições e desonestidades; se no nosso centro não há disciplina e as reuniões não têm hora para começar ou terminar; se no nosso centro há barulho, correrias, gargalhadas e algazarras, é certo que o nosso centro não conta com a espiritualidade superior.
Será um centro mais a serviço dos obsessores que do Evangelho.
Como consequência, saímos do centro passando mal. Se quando chegamos estávamos com algum problema físico ou psíquico, temos de sair melhor do que entramos, ainda que não totalmente organizados.
Mas se chegamos bem, jamais deveremos sair do centro com mal-estar, porque isto deixa claro que o centro está com sua cobertura espiritual deficiente ou negativa.
Para que o centro seja um ponto de luz na Terra, precisa de coerência e firmeza do dirigente, que é ali o guardião da doutrina, mas depende, também, do bom comportamento de cada trabalhador e de cada participante da reunião.
No próximo dia 17 de julho, se comemora a fundação do Centro Espírita Miguel (CEM) que completará 87 anos. Esperamos que a espiritualidade que nos assiste esteja satisfeita com o que estamos realizando e rogamos com a inspiração do alto para fazer cada vez melhor.

 
APELO DE UM AMIGO
Não se deprecie.
Não diga que você não merece a bênção de Deus.
Atendamos à realidade.
Se a Divina Providência não confiasse em você, não teria você em mãos tarefas importantes quanto estas:
- uma criatura querida a proteger;
- uma cassa a sustentar;
- alguém a instruir;
- uma profissão a exercer;
- esse ou aquele encargo, mesmo dos mais simples;
- algum ensinamento a compor;
- essa ou aquela atividade de auxílio aos semelhantes;
- algum trato de terra a cultivar;
- determinada máquina para conduzir;
Se a Sabedoria da Vida nada esperasse de você, não lhe teria dado tantos recursos, quais sejam:
- a inteligência lúcida que auxilia a discernir o certo do errado;
- a noção do bem e do mal;
- as janelas dos cinco sentidos;
- a capacidade mental cujas manifestações você pode aprimorar ao infinito, empregando o esforço próprio;
- a visão do corpo e da alma com que você realiza prodígios de observação e de análise;
- a palavra que você é capaz de educar e com a qual você encontra as maiores possibilidades de renovar o próprio destino;
- a audição, com que você recolhe mensagens de todos os setores da existência, tão só pelo registro de sons diferentes;
- as mãos que lhe complementam os braços, expressando-se por antenas hábeis de serviço;
as faculdades genésicas que, iluminadas pelo amor e dirigidas pelo senso de responsabilidade, lhe conferem poderes incomparáveis de criatividade nos domínios do corpo e do espírito;
os pés que transportam você, atendendo-lhe a vontade.
Se você detém maiores áreas de ação ou usufrui vantagens mais amplas, no que se reporta aos encargos e benefícios aqui relacionados, então você já obteve significativas promoções nos quadros da vida.
Quanto a imperfeições ou deficiências que ainda nos marquem, convém assinalar que estamos em evolução na Terra, sem sermos espíritos perfeitos.
Reflitamos nisso e aceitemo-nos como somos, procurando melhorar-nos e, ao melhorar-nos, estaremos construindo o caminho certo para a Espiritualidade Maior.

André Luiz - Francisco Candido Xavier - Do Livro: Respostas da Vida

SIRVAMOS SEMPRE
Não apenas nos dias de arrependimento e reparação... Em todas as circunstâncias, o serviço é o antídoto do mal. Caíste na trama de enganos terríveis e arrepiaste caminho, sonhando reabilitar-te.
Não desperdices a riqueza das horas, amontoando lamentações.
Levanta-te e serve nos lugares onde esparziste a sombra dos próprios erros, e granjearás, na humildade, apoio infalível ao reajuste.
Arrostas duros problemas na vida particular.
Livra-te do fardo inútil da aflição sem proveito.
Reanima-te e serve no quadro de provações em que te situas, e a diligência funcionará, por tutora prestigiosa, abrindo-te a senda ao concurso fraterno.
Padeces obscura posição no edifício social.
Segue imune ao micróbio da inveja.
Movimenta-te e serve no anonimato e o devotamento surgir-te-á por luminosa escada á subida.
Sofres o assalto de calúnias ferozes.
Esquece a vingança, que seria aviltamento em ti mesmo.
Silencia e serve, olvidando as ofensas, e conquistarás, no perdão com atividade no bem, escudo invencível contra os dardos da injúria.
Suportas afrontoso assédio de espíritos inferiores, inclinando-te á queda na obsessão.
Abstém-te da queixa improfícua.
Resiste e serve, dedicando-te ao socorro dos que choram em dificuldades maiores, e surpreenderás, na beneficência, o acesso à simpatia e á renovação dos próprios adversários.
Preguiça é o ópio das trevas... Os que não trabalham transformam-se facilmente em focos de tédio e ociosidade, revolta e desespero, desequilíbrio e ressentimento, pessimismo e loucura.
Sirvamos sempre... Quem busca realmente servir, nunca dispõe de motivos para se arrepender.

Livro “Justiça Divina” - Psicografia Francisco Cândido Xavier - Espírito Emmanuel


Você quer ajudar o CEM?
Venha trabalhar voluntariamente conosco.
Procure o Coordenador do Departamento Promocional ou o Dirigente da sessão pública que você frequenta
ou o Monitor do curso que você faz e,
ofereça-se para servir em uma atividade do CEM.

A fé sem obras é morta!!

©2003 Direitos Reservados CEM
Brasil, coração do mundo, pátria do Evangelho
 
Sintonize e ouça as palestras realizadas no CEM