C
entro
E
spírita
M
iguel
   
Rua Glaziou, 265 - Abolição - RJ
Tel.: (21) 2596-4046

"NASCER, MORRER, RENASCER AINDA E PROGREDIR CONTINUAMENTE, ESTA É A LEI"
“Exercitando-te em ter pensamentos superiores, eles fluirão pelos teus atos no lar, no serviço e nas horas de lazer.”




A livraria do CEM
continua divulgando o livro
espírita doutrinário, romance ou
os importantes livros do Pentateuco.
Temos promoção de livros a R$ 10,00!
Aos associados oferecemos,
para empréstimos, mais de 2.000 volumes
de livros doutrinários.

Venha nos visitar!

Aceitamos Cartões

Não Esqueça o
HEMORIO
o esta sempre precisando de doador

Rua Frei Caneca, 8
Centro Rio de Janeiro
(21) 2332-8611
DOAR É O MAIOR GESTO DE AMOR

NOVOS CURSOS
 
JÁ É NATAL
É Natal sempre que duas mãos se apertam.
É Natal sempre que alguém enxuga uma lágrima.
É Natal sempre que as ofensas são esquecidas.
É Natal sempre que uma flor desabrocha.
É Natal sempre que uma esperança renasce.
É sempre Natal nos olhos das crianças.
É sempre Natal nos olhos dos que amam.
Natal, é Amor.
O Centro Espírita Miguel deseja a todos
 
FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO!

 
Convidamos todos os irmãos Miguelinos para nossa
CONFRATERNIZAÇÃO DE NATAL que será realizada no dia
21 de dezembro às 9 h
Tema: Você quer ser feliz no Natal?
Palestrante: Vera Lúcia M. Gonçalves
 

O PRIMEIRO NATAL
Simeão e o Menino
Dizem que Simeão, o velho Simeão, homem justo e temente a Deus, mencionado no Evangelho de Lucas, após saudar Jesus criança, no templo de Jerusalém, conservou-o nos braços acolhedores de velho, a distância de José e Maria, e dirigiu-lhe a palavra com discreta emoção:
— Celeste menino – perguntou o patriarca -, porque preferiste a palha humilde da Manjedoura?
Já que vens representar os interesses do Eterno Senhor na Terra, coo não vestiste a púrpura imperial?
Como não nasceste ao lado de Augusto, o divino, para defender o flagelado povo de Israel?
Longe dos senhores romanos, como advogarás a causa dos humildes e dos justos?
Porque não vieste ao pé daqueles que vestem a toga dos magistrados?
Então, poderias ombrear com os patrícios ilustres, movimentar-te-ias entre legionários e tribunos, gladiadores e pretorianos, atendendo-nos à libertação...
Porque então chegaste, como Moisés, valendo-se do prestígio da casa do faraó?
Quem te preparará Embaixador Eterno, para o ministério santo?
Que será de ti, sem lugar no Sinédrio?
Samuel mobilizou a força contra os filisteus, preservando-nos a superioridade; Saul guerreou até à morte, por manter-nos a dominação; Davi estimava o fausto do poder; Salomão, prestigiado por casamento de significação política, viveu para administrar os bens enormes que lhe cabiam no mundo... Mas... tu? Não tee ligaste aos príncipes, nem aos juízes, nem aos sacerdotes... Não encontrarias outro lugar, além do estábulo singelo?!...
Jesus menino escutou-o, mostrou-lhe submisso sorriso, mas o ancião, tomado de angústia, contemplou-o mais detidamente, e continuou: — Onde representarás os interesses do Supremo Senhor?
Sentar-te-ás entre os poderosos?
Esvrecerás novos livros da sabedoria?
Improvisarás discursos que obscureçam os grandes oradores de Atenas e Roma?
Amontoarás dinheiro suficiente para redimir os que sofrem?
Erguerás novo templo de pedra, onde o rico e o pobre aprendam a ser Filho de Deus?
Ordenarás a execução da lei, decretando medidas que obriguem a transformação imediata de Israel?
Depois de longo intervalo, indagou em lágrimas:
— Dize-me, ó Divina Criança, onde representarás os interesses de nosso Supremo Pai?
O menino tenro ergueu, então, a pequenina destra e bateu, muitas vezes, naquele peito envelhecido que se inclinava para o sepulcro...
Nesse instante, aproximou-se Maria e o recolheu nos braços maternos.
Somente após a morte do corpo, Simeão veio a saber que o Menino Celeste não o deixara sem resposta.
O Infante Sublime, no gesto silencioso, quisera dizer que não vinha representar os interesses do Céu nas organizações respeitáveis mas efêmeras da Terra.
Vinha da Casa do Pai, justamente para representá-Lo no coração dos homens.

Irmão X / Francisco Cândido Xavier
 

O CONVITE DO MESTRE
É importante verificar que o Mestre não estabelece condições para que o discípulo lhe compartilhe a jornada.
Não pergunta se ele se julga dotado com a força conveniente...
Se ele é fraco de espírito...
Se é demasiado imperfeito...
Se sofre em família...
Se possui débitos a solver...
Se padece tentações...
Se está acusado de alguma falta...
Se retém valores de educação...
Se é rico ou pobre de possibilidades materiais.
O Senhor diz apenas SEGUE-ME, como quem afirma que, se o aprendiz se dispõe realmente a segui-Lo, será suprido de socorros eficientes, em todas as suas necessidades.
A lição é clara e expressiva.
Reflitamos nela para que não venhamos a permanecer na sombra da indecisão.

Emmanuel / Francisco Cândido Xavier
“Espalhe esse segredo. A felicidade depende de nós.”

Convidamos você para o nosso ...
BAZAR DE NATAL
04 a 14 de dezembro
Domingo - de 10h às 13h / Quinta e Sexta-feira – de 16:30 às 20h
ESPERAMOS SUA IMPORTANTE VISITA!!!

 
PODE ACREDITAR
Falará você na bondade a todo instante, mas, se não for bom, isso será inútil para sua felicidade.
Sua mão escreverá belas páginas atendendo a inspiração superior; no entanto, se você não estampar a beleza delas em seu espírito não passará de estafeta sem inteligência.
Lerá maravilhosos livros com emoção e lágrimas; todavia, se não aplicar o que você leu, será tão somente um péssimo registrador.
Cultivará convicções sinceras, em matéria de fé; entretanto, se essas convicções não servirem à sua renovação para o bem, sua mente estará resumida a um cabide de máximas religiosas.
Sua capacidade de orientar disciplinará muita gente, melhorando personalidades; contudo, se você não se disciplinar, a Lei o defrontará com o mesmo rigor com que ela se utiliza de você para aprimorar os outros.
Você conhecerá perfeitamente as lições para o caminho e passará, ante os olhos imortais do mundo, à galeria dos heróis e dos santos; mas, se não praticar os bons ensinamentos que conhece, perante as Leis Divinas recomeçará sempre o seu trabalho cada vez mais dificilmente.
Você chamará a Jesus: Mestre e Senhor...; se não quiser, porém, aprender a servir com Ele, suas palavras soarão sem qualquer sentido.

André Luiz/ Francisco Cândido Xavier Do livro: Agenda Cristã

“Há situações que constituem prova aflitiva e áspera, mas, também é redentora e santificante.”

©2003 Direitos Reservados CEM
Brasil, coração do mundo, pátria do Evangelho
 
Sintonize e ouça as palestras realizadas no CEM